Vendarketing: entenda o conceito e descubra como aplicar!

Na ilustração tem duas pessoas realizando a estratégia de vendarketing, uma mulher saindo de um celular segurando um megafone de costas para um homem segurando um notebook. No fundo há vários símbolos como o símbolo do WhatsApp, símbolo de um alvo, gráficos, símbolo do facebook e etc.

Independente do ramo de atuação, qualquer empresa visa o máximo de crescimento possível e, para isso, é necessário prospectar cada vez mais clientes

Mas, além disso, é importante que o negócio fidelize os consumidores conquistados e tenha estratégias de marketing alinhadas com a atuação comercial, é aí que surge o vendarketing.

Com diferentes aspectos interligados, a estratégia de vendarketing tem como propósito alinhar dois dos principais time de uma empresa, vendas + marketing, a fim de aumentar a receita e, consequentemente, os lucros. Para entender a fundo o conceito e como aplicar em sua empresa, confira o conteúdo a seguir!

Mas afinal, o que é vendarketing?

De forma prática, vendarketing é a união do time de vendas e marketing de uma empresa, sempre pensando na geração de receita.

A explicação para essa junção, é bastante simples, considere o seguinte: uma empresa tem um produto ou serviço de qualidade, mas não possui a estratégia correta para vender e impactar o público. O que seria necessário para resolver esse problema? Marketing, certo? Pois bem, por premissa, essa é a ideia de vendarketing.

Com essa estratégia, é possível juntar quem tem total domínio da solução a ser vendida e de quem entende, de fato, o que é, como e onde o cliente ideal está. Podendo ser traçados diferentes caminhos, isso irá depender dos objetivos e metas que estão sendo consideradas no momento em que a ação for iniciada.

É importante lembrar, que o trabalho do marketing deve ser enxergado como algo essencial, já que ele é responsável pela atração, conversão e nutrição de todos os leads que consomem o produto ou serviço da empresa.

Quais os benefícios atrelados a essa estratégia?

Assim como qualquer estratégia bem pensada e colocada em prática de forma profissional e correta, a junção do departamento de vendas e marketing, também pode agregar diferentes benefícios para o negócio que opta por aplicá-la.

Além do aumento na geração de receita e conversão de clientes, que é o objetivo principal do vendarketing, é possível agregar para a empresa:

— melhor comunicação entre os times;

— maior alinhamento institucional;

— diminuição dos ruídos e uma comunicação eficiente;

— melhorar na experiência dos clientes;

— implementação de metas alcançáveis;

— projeção de ganhos.

Indo de benefícios relacionados a equipe e otimização de tempo até as vantagens ligadas a redução de custos e aumento de lucros, essa estratégia tende a garantir bons resultados quando é compreendida pelas duas equipes envolvidas. 

Para isso, é importante entender quais são os passos a serem seguidos até a implementação dela no dia a dia. É isso que iremos mostrar para você a seguir!

Como implementar o vendarketing na sua empresa?

É claro que pode parecer difícil realizar essa integração de dois times, mas fica tranquilo, é mais simples do que se imagina. Porém, é essencial muito profissionalismo, técnica e força de vontade para fazer dar certo. A fim de te ajudar, separamos os 4 principais pontos a serem levados em consideração antes da implementação, confira!

Alinhe os objetivos

O alinhamento de objetivo é essencial para que a interação entre os times ocorra de forma harmoniosa e produtiva. Além de gerar receita, que é foco, o que mais essa estratégia deverá suprir para o negócio? Entender isso é fundamental para a concretização dos resultados.

Ademais, com os objetivos alinhados, cada equipe conseguirá entender qual é, efetivamente, o seu papel dentro das ações a curto, médio e longo prazo. Sendo assim, as responsabilidades estarão claras e a comunicação será mais efetiva.

Crie SLAs

O SLA, Service Level Agreement, ou acordo de nível de serviço, é essencial para cada área entender qual serão suas funções e, principalmente, para o alinhamento entre as duas, com o intuito de garantir resultados e engajamento dos clientes durante todo o processo, desde a prospecção até de fato a adesão.

De forma prática e bastante resumida, o SLA é um conjunto de regras, definidas em conjuntos pelas duas áreas, definindo quais serão as ações, quem as tomará e quando serão tomadas. Assim, é possível excluir achismos e subjetividades que possam atrapalhar o serviço desempenhado.

Para evitar sobrecarga e expectativas frustradas em um dos times, alguns exemplos de SLA são:

— defina quais as características de um cliente ideal;

— determine quais informações são essenciais;

— defina metas claras para cada time;

— escolha o tamanho das empresas para contato;

— estabeleça o número de contatos até a desistência do cliente;

— determine o tempo mínimo e máximo para o time comercial entrar em contato com o lead após a venda.

Esses são só alguns exemplos e claro que isso pode, e deve, variar de acordo com cada negócio. O importante é que sejam estabelecidas quais são as responsabilidades de cada time na estratégia.

Defina métricas

Sem delongas, a definição de métricas deve ser feita de forma individual para cada colaborador envolvido no projeto, claro que sempre considerando o que é possível alcançar com os recursos disponíveis. Isso garante que seja possível compreender a relação, seja negativa ou positiva, entre custo X receita.

A definição de métricas é importante para entender se os gastos envolvidos são rentáveis quando comparados com os lucros obtidos. Além disso, com as métricas o time de marketing consegue, cada vez mais, entregar leads qualificados para o comercial e, consequentemente, a equipe de vendas garante um ROI, retorno sobre o investimento, mais positivo para o negócio.

Faça o acompanhamento

Como o segredo para qualquer boa estratégia, o acompanhamento próximo das ações e resultados é essencial para o sucesso do vendarketing.

Isso porque, apenas acompanhando é possível entender quais são os pontos a melhorar e o que está dando errado e precisa ser solucionado, com a finalidade de otimizar e desenvolver uma estratégia efetiva. Porém, o acompanhamento também é essencial para visualizar o que está dando certo e replicar mais vezes.

Também, através de um acompanhamento efetivo, é possível enxergar quais são os custos desnecessários, quais recursos estão sendo desperdiçados e a quantidade de oportunidades perdidas ou geradas, e qual o impacto disso para a empresa.

Como integrar essas áreas?

A principal dúvida que pode surgir é como integrar as duas áreas e se é necessário a contratação de novos colaboradores para colocar a estratégia de vendarketing em ação. A resposta é bastante simples: não.

Não há a necessidade de contratar novos profissionais para a sua equipe, a única questão é quem esteja envolvido nas ações futuras tenham plena capacidade de compreensão de ambas as áreas, apenas assim é possível garantir que não haja ninguém perdido. Para isso, podem ser adotados treinamentos e outros meios de inserção dos profissionais no departamento contrário ao que atua.

Agora é com você!

Agora que você entende já sabe o que é o vendarketing, para que serve, como aplicar e quais as vantagens dessa estratégia, entenda como a Como a telefonia Voip pode contribuir para o alinhamento entre marketing e vendas de um PME e começar a implementar esta tática que pode agregar diferentes benefícios para a sua empresa. Boa leitura e até a próxima!

Share on facebook
Share
Share on twitter
Tweet
Share on pinterest
Pin it
Share on google
Share
Posts Relacionados:

Sobre esse Blog

Esse é o blog da FaleMais. Aqui compartilhamos dicas para empresas que querem melhorar seus resultados. Pronto para melhorar 1% a cada dia? Boa leitura!

Categorias
Tags
Novidadesbanner para baixar e-book "televendas não morreu"
error: Content is protected !!