Este é o nosso blog...

Aqui nós compartilhamos estratégias e dicas para empresas que querem melhorar seus resultados. Pronto para melhorar 1% a cada dia? Boa leitura!

icone newsletter

Receba dicas exclusivas por E-mail

Junte-se a mais de 5000 empresas e inscreva-se.

Como fazer sua empresa crescer mesmo na crise

Como fazer sua empresa crescer mesmo durante a crise?

Em tempos de crise, todo empresário pensa em praticamente uma tarefa: sobreviver. Mas a sobrevivência de uma empresa também pode estar relacionada a várias atitudes – incluindo a ousadia para inovar.

Portanto, no post de hoje daremos 10 dicas básicas de como fazer sua empresa crescer mesmo na crise. Leia atentamente, analise o seu caso específico, tome fôlego, conquiste o seu mercado e saia na frente da concorrência.

Vamos às dicas:


1. Analise o comportamento do mercado

O mercado consumidor evolui com muita frequência, ainda mais em tempos digitais. Nesse sentido, o comportamento do próprio cliente também muda.

Por exemplo: clientes que antes gostavam de adquirir os produtos em lojas físicas e hoje preferem encomendá-los via Internet. Essa mudança de hábitos de consumo, a depender do ramo em que você atua, pode significar que você precisa fazer algumas adaptações em seu negócio para que não perca terreno para a concorrência.

Então, fique sempre atento a esse comportamento e planeje novas estratégias para atrair os consumidores – o que nos leva à segunda dica:


2. Mantenha o seu planejamento em dia e tenha metas

Mesmo que você saiba disso na teoria, de que o planejamento é essencial para fazer sua empresa crescer mesmo na crise, ainda assim a rotina agitada por vezes pode te deixar sem o tempo necessário para se dedicar a essa importante tarefa.

O planejamento de todos os setores da empresa precisa ser revisto constantemente e atualizado de acordo com as mudanças do mercado. Em tempos de crise, pode ser preciso recalcular a rota, estipular novos prazos, rever despesas e criar estratégias para o aumento da receita.

Então, reúna a sua equipe e reveja o planejamento estratégico de sua empresa. E também não se esqueça de estipular metas para todos vocês. Metas de curto, médio e longo prazo, com as datas bem definidas, são ótimas ferramentas e termômetro para se medir o andamento do negócio. E não se esqueça de também criar uma gestão de riscos para minimizar ou eliminar ameaças internas e externas.


3. Analise as tendências do setor

Como fazer sua empresa crescer na crise se você não está atento às novidades e tendências do setor? Por mais tradicionais que algumas pessoas possam ser, inovar oferecendo novos produtos que resolvam mais ainda o problema dos clientes pode ser a chave para você se destacar em tempos de fechamento de empresas.

Então, fique de olho no mercado em que atua e também no histórico das suas vendas –por exemplo, um determinado produto ou serviço pode estar saindo mais do que outro. E também não deixe de se atualizar pela internet e também participar de eventos do setor.


4. Conheça bem o seu público

Muitos negócios falham, mesmo em tempos prósperos, simplesmente por não conhecerem bem os seus clientes. Desse modo, acabam oferecendo a eles produtos, serviços ou uma forma de atendimento que não atrai a atenção das pessoas.

Conhecer o seu público não significa apenas definir aquele público-alvo lá no planejamento de negócio. É você realizar de tempos em tempos pesquisas entre os próprios clientes e conhecer seus hábitos de consumo, seus interesses, suas profissões, seus desejos, seus medos...Tudo o que possa te proporcionar ideias para atrai-lo ao seu negócio e, ainda, oferecer um atendimento personalizado.


5. Invista na divulgação da sua empresa

Infelizmente, um dos primeiros cortes nas despesas de algumas empresas é justamente o que pode fazê-las se manter na crise e até crescer: a divulgação.

Seja o seu negócio físico, virtual ou a mistura dos dois, você não pode parar de divulgá-lo. Mas um detalhe: é preciso utilizar a verba destinada à publicidade com sabedoria. Muitas empresas desanimam dessa área por verem quantias significativas de dinheiro sendo usadas sem nenhum retorno.

Então, estude bem essa área e se for preciso, contrate ou terceirize uma equipe para cuidar dessa parte. E se a sua empresa ainda não está na internet, por meio de um site e também nas redes sociais, você precisa ser presença ativa nesses meios – pois certamente grande parte do seu público está online.


6. Melhore seu atendimento

O seu negócio pode ser revolucionário, mas se você pecar na área do atendimento, não há estratégia que o faça prosperar. Não é à toa que algumas startups estão saindo na frente de empresas tradicionais: elas priorizam um atendimento humanizado, fazendo com que o cliente se sinta importante e acolhido.

Então, treine os seus colaboradores e os motive para continuarem oferecendo o melhor atendimento aos clientes. Se o seu negócio oferece um atendimento por telefone, temos um post especial sobre esse assunto para te ajudar a melhorar nessa área.


7. Reduza os custos

Como fazer sua empresa crescer na crise sem reduzir os custos? Não dá! Então, pare um pouco e analise profundamente suas planilhas financeiras. Quais sãos as maiores despesas fixas e esporádicas? O faturamento da empresa cobre todos eles? E a margem de lucro?

A partir daí, é preciso criar estratégias para se reduzir ainda mais os custos, mesmo que o seu caixa esteja em dia. Por exemplo:

  • você pode negociar com outros fornecedores;
  • você pode pedir descontos maiores caso compre à vista;
  • você pode reduzir despesas com papelaria e material de escritório automatizando e digitalizando processos e documentos;
  • você pode reduzir a sua conta de telefone substituindo o serviço tradicional pela telefonia Voip;
  • você pode negociar um desconto no aluguel do seu escritório ou procurar outro imóvel;
  • etc.


8. Fique de olho na concorrência

Os seus concorrentes não são seus inimigos, mas você precisa ficar de olho neles. Conheça seus produtos e serviços, saiba como eles divulgam o negócio e como interagem com os clientes.

Você não precisa, necessariamente, copiar todas as boas ideias, mas esse mapeamento pode te ajudar a criar as suas próprias inovações e até mesmo prestar um atendimento ainda mais diferenciado. Em outras palavras, você precisa inovar onde seus concorrentes falham.


9. Faça networking

Outra boa dica de como fazer sua empresa crescer mesmo na crise é sair dela. Não fique imerso apenas em seu escritório quebrando a cabeça para ter novas ideias. Você precisa oxigenar a sua mente e, para isso, o networking é uma ferramenta essencial.

Por isso, tenha uma vida em sociedade e movimente-se. Vá a feiras do setor, a palestras, a cafés, trabalhe em coworkings, ingresse em grupos do setor nas redes sociais. Fale do seu negócio e ouça sobre o negócio dos outros empreendedores. Grandes parcerias e grandes vendas podem surgir nas mais simples ocasiões.

Aliás, não deixe apenas o setor de vendas encarregado de aumentar a sua carteira de clientes. Às vezes, a sua presença e intervenção como proprietário pode fazer toda diferença no fechamento de um negócio.


10. Invista em uma consultoria

Às vezes, quando a nossa empresa está indo mal, é preciso pedir ajuda a empresários mais experientes ou mesmo investir numa consultoria especializada para descobrir as áreas deficientes e que precisam ser ajustadas para fazer sua empresa crescer mesmo na crise.

Então, não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda e até investir dinheiro em uma boa consultoria, caso você já tenha tentado de tudo sem sucesso. O Sebrae, por exemplo, oferece vários cursos e consultorias para micro e pequenas empresas continuarem firme e se atualizarem no mundo dos negócios.

Essas foram 10 dicas de como fazer sua empresa crescer mesmo na crise. Leia, releia e não deixe de colocá-las em prática. Quando o país voltar a prosperar, você terá boas lições de encorajamento a outros empresários que estejam inseguros.


Gostou do post? Se você quer ficar por dentro desse e de outros assuntos do mundo do empreendedorismo, fique de olho nas novidades do blog da FaleMais Voip, a empresa que oferece a mais alta tecnologia em telefonia Voip a tarifas que cabem no seu bolso – e o melhor: sem contrato de fidelidade. Saiba mais agora!

Post publicado por Equipe FaleMais em 31/08/2017 | Negócios

Não deixe de ler também...

Script de vendas por telefone: Aprenda a montar o seu passo a passo!

A forma de vender mudou muito ao longo dos anos conforme as tecnologias foram lan&cce...

Como atrair clientes para lojas virtuais

Como atrair clientes para lojas virtuais iniciantes

As lojas virtuais, também chamadas de e-commerces, representam um setor do com...

Como vender mais pelo telefone

Como vender mais pelo telefone

Mais do que oferecer um benefício, as novas formas de comunicaçã...

 

Junte-se a mais de 5000 empresas e receba
nossas dicas exclusivas por e-mail.

Digite seu e-mail abaixo e receba gratuitamente nossas dicas e conteúdos.

Criar conta Teste Grátis